De 13 a 17 de Novembro, em Belo Horizonte, o maior festival de quadrinhos da América Latina! Entrada gratuita!


Um ponto de encontro entre profissionais de quadrinhos, nacionais e internacionais, e você. Essa é a proposta do Estúdio ao Vivo, parte essencial, quase que tradicional, do Festival Internacional de Quadrinhos. Com isso, aproveitamos para te contar quem são os cinco quadrinistas responsáveis pelo espaço e, claro, convidados oficiais do evento. Cris Bolson, Eduardo Pansica, Hélder Moreira, Ig Guara e Júlio Ferreira estarão no 8º FIQ, que acontece de 13 a 17 de novembro, em Belo Horizonte, e tem entrada gratuita. E, para contar, saiba que eles não serão os únicos quadrinistas do mercado norte-americano no FIQ. Em breve, mais convidados!

O que não sabemos é como você está aguentando esperar...

ev

Jill Thompson visitando o Estúdio ao Vivo do FIQ 2011

Funciona assim: um local onde, durante o FIQ, quadrinistas se reúnem puramente para fazer quadrinhos. Pensa bem, lá você vai poder ver todos os processos de trabalho de um profissional da área, além de poder tirar dúvidas, apreciar páginas originais e, inclusive, interagir com eles. Pelo menos dois dos cinco novos convidados estarão sempre presentes no Estúdio, mas a verdade é que o espaço sempre recebe quadrinistas visitantes do Festival e até mesmo convidados oficiais do evento (que, aliás, não são poucos). Não tem nada muito combinado e as coisas acontecem naturalmente.

Cris Bolson

Foto_cris_01

Agora que você já sabe como vai funcionar, já pode conhecer mais um pouquinho sobre os convidados responsáveis pelo Estúdio ao Vivo, né?! A começar por Cris Bolson. Ele nasceu em 1972 e já desenhou muito por aí. Trabalhou como ilustrador publicitário, fez quadrinhos independentes para o mercado nacional e internacional, e deu aulas na área. Bolson foi quem fez os desenhos para a graphic novel Hercules The Knives of Kush e a artefinal para o especial da Marvel AAFES #6. Trabalhou também nas revistas Battlestar Galactica season zero, Red Sonja Deluge, Danger Girl and the Army of Darkness and Damsels in Distress #9, para a Dynamite Entertainment.

Eduardo Pansica

foto_pansica (1)

Pansica nasceu no ano de 1981, na cidade de São Paulo. Em 1997 mudou-se para Belo Horizonte onde começou a estudar Arte Sequencial pela Escola de Artes Visuais Casa dos Quadrinhos. Graduou-se em Cinema de Animação pela Escola de Belas Artes da UFMG, em 2008. Assim como Bolson, ele também já trabalhou com ilustração publicitária. Começou a ilustrar para o mercado norte-americano a partir de 2005, e desde 2009 vem desenhando para a editora DC Comics, onde participou de diversos títulos. Entre eles estão Blackest Night Wonder Woman, Blackest Night JSA, Superman: War of the Supermen, Wonder Woman Odyssey, Teen Titans, Deathstroke, Stormwacth, Superboy, entre outros. A partir de 2013, assumiu o quadrinho Batwing, que faz parte dos Novos 52 (reformulação dos Universo DC Comics que se iniciou em 2011).

Hélder Moreira

ELDER

Com carreira sólida no mercado norte-americano, onde residiu e exerceu vários ofícios, o escultor Hélder Moreira, natural e residente de Belo Horizonte, é o primeiro brasileiro a esculpir os personagens de uma das maiores campanhias de entreterimento do mundo, a Marvel Comics pela Bowen Designs. Trabalhou a modelagem de personagens como Homem de Ferro, Thor e Capitão América. A escultura do personagem Destruidor, do universo asgardiano de Thor, foi utilizada como base para o design do personagem do filme do deus nórdico, dirigido por Kenneth Branagh.

Ig Guara

ig-tratado

Já Ig Guara conta que sempre foi encantado pela mídia dos quadrinhos por acreditar que nesse universo há possibilidades infinitas. Nosso convidado aprendeu a ler, como muitos, por meio dos gibis. Dessa forma, com apenas 12 anos, Ig Guara já sabia o que queria fazer no futuro. Nem é difícil adivinhar, né?! Desde então, começou a perseguir esse sonho. Apesar das dificuldades, depois de trabalhar como ilustrador de fantasia, além de alguns pequenos trabalhos de quadrinhos para pequenas editoras americanas, finalmente foi chamado para seu primeiro trabalho pra Marvel. Desde então, passou a trabalhar para grandes editoras, participando de títulos como Pet Avengers, o relançamento do Blue Beetle nos Novos 52, e a recriação do Green Team.

Júlio Ferreira

bio2

Nascido em Belo Horizonte, em agosto de 1977, Júlio Ferreira passou a maior parte de sua infância e adolescência em Caetanópolis, interior de Minas. As HQs chegaram em sua vida, como na vida de Ig Guara, por meio da alfabetização. Ele chegou a produzir seu próprio quadrinho ainda na adolescência. Formou-se na Escola de Belas Artes da UFMG. Foi nessa época que teve suas primeiras oportunidades no mercado internacional de quadrinhos, com minissérie da Dark Horse Comics Buffy: Haunted e, em seguida, uma edição de KISS, HQ da famosa banda americana. Em 2007, nosso convidado ingressou na DC Comics, onde se mantém como artista freelancer desde então. Entre os títulos nos quais trabalhou estão Superman, Batman, Lanterna Verde, Novos Titãs, Mulher Maravilha, Flash, Legião dos Super Heróis e Homem-Animal. Atualmente é o arte-finalista regular da revista Batwing, parte dos Novos 52.

Novidade é o que nunca falta no FIQ, né? Que novembro chegue logo, logo!